Para onde vou a seguir!

Esta é a minha nova casa. Sejam bem-vindos. Sigam-nos nas redes sociais.

Muitos que me conhecem pelo projecto Espaço Infinitus me têm perguntado o que vou fazer a seguir.

Para quem segue o Projecto Inspirar Mais saibam que durante quase 7 anos fui responsável e fundadora de um espaço de formação e terapias holísticas e complementares que fechei há uns dias.
Para quem seguia o Espaço Infinitus, esta será a minha nova casa, mas leiam tudo e fiquem a saber todos os pormenores

Como sabem, muitas pessoas passaram pelo Espaço Inifnitus ao longo destes anos. Obrigada, vocês foram o Projecto. Sempre me senti a enraizadora da energia desse ideia que surgiu há uns anos e a minha função principal era de cola. Era a cola entre a ideia, os terapeutas/formadores a as pessoas que os procuravam.

A missão sempre foi ajudar a despoletar processos de desenvolvimento pessoal que levasse cada indivíduo a cumprir o seu Dom, a sua Missão neste percurso que é a vida. Durantes estes anos rodeei-me de pessoas que acredito serem especiais e que a sua missão é suportar essa caminhada de outros. Vi-os crescer, transformarem-se, construirem-se. Alguns em determinados momentos mostraram-me que há momentos em que temos que ser assertivos, temos que viver o que pregamos, ser coerentes, temos que ser amorosos e respeitadores. Em última instância temos que respeitar o processo do outro e o nosso. Agradeço eternamente o exemplo que foram para mim.

A partir deste projecto a vida colocou-me no caminho das crianças, afinal foi por elas que nascemos. O trabalho foi crescendo num sentido diferente do inicial. Iniciei há quase 6 anos uns ciclos de Meditação para Crianças, ainda pouco se falava disso. Fui tendo oportunidade de timidamente, no início, trabalhar em escolas, com turmas do ensino público e privado.

O meu Amor por este trabalho foi crescendo, fui investindo em adquirir competências nesta área. Chegou o momento em que me pediam para partilhar o que fui aprendendo “no chão de escola”, comecei a facilitar formações.
Há cerca de 1 ano senti a necessidade de dar um nome a este trabalho que até aí estava ligado ao Espaço Infinitus. O sentido foi enraizar e comunicar claramente o que fazia. Nasceu o Inspirar Mais. A nossa comunidade está a crescer, mas as solicitações têm sido cada vez maiores.

Encontrei, através do Espaço Infinitus, a minha missão de vida afinal, não é ser cola. Continua a ser despoletar processos de transformação pessoal, mas num formato diferente. Não poderia deixar de responder ao Apelo da vida.

Assim farei sempre! A vida chama, o coração palpita, a mente já não consegue estar senão nesse lugar, as acções têm que estar em concordância. E assim, me entrego a este novo desafio.
Perguntam-me, mas achas que isso dá alguma coisa? É preciso, mas….
Quando iniciei o Infinitus, era só uma ideia que nãome  abandonava a mente. O feedback que tenho tido nestas últimas semanas tem-me mostrado a importância que teve em tantas vidas.

O Inspirar Mais já é mais que uma ideia. Confesso que o meu foco não está no resultado, está no processo. E se durante o caminho conseguir ter impacto positivo na vida de quem se cruza com o meu trabalho, terei sucesso. Vai dar alguma coisa! Já é!

As minhas bagagens mudaram-se para inspirarmais.com

Não posso deixar o porto anterior sem agradecer aos viajantes que conduziram o barco comigo. Alex, Lita, Pedro, Mena, António, Bruno GRATA  para sempre. Aos outros terapeutas e formadores, que felicidade os nossos caminhos se terem cruzado.
Aos clientes que se tornaram amigos, sem vocês a ideia que tive há quase 7 anos não teria enraizado. Agradeço profundamente a vossa presença.
Agora, sinto mais entusiasmo que tristeza. Voltei a sentir borboletas na barriga. Voltei a saltitar alegremente, porque estar no Caminho é estar inundado desta alegria constantemente.

Poderão continuar a seguir o que estamos a fazer no facebook, no Instagram e no nosso site. Subscrevam a newsletter para receberem todasas novidades.

Com o coração palpitante,

Juliana

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.