Sei o que quero ser como Tia.

Tenho muito claro dentro de mim as minhas intenções como Tia.

Desde muito cedo que invisto na relação com os meus sobrinhos. É uma das minhas prioridades. Tenho um sobrinho e uma sobrinha de 6 anos (não são gémeos, têm 6 meses de diferença e pais e mães diferentes :)).Fico sempre feliz de ter tido a oportunidade de ser Tia antes de ser Mãe.

É que ser Tia é uma das melhores coisas que me aconteceu na Vida, até ter um filho. Sinto que quem só tem oportunidade de ser Tia(o) depois de ter filhos não consegue disfrutar da mesma forma desse momento sublime que é o nascimento de um sobrinho.

Desde que fui Mãe que a nossa relação mudou um pouco, naturalmente a disponibilidade não é a mesma. Principalmente nos primeiros meses/ano as coisas mudaram bastante. Agora, temos uma nova normalidade instalada, até porque os primos já conseguem brincar bem uns com os outros.

Eu, como Tia, quero ser um porto seguro, um diário de momentos especiais, uma caixa de segredos, uma voz adulta de sabedoria e divertimento.

Visualizo sempre os meus sobrinhos a pedirem para vir à nossa casa, a querer pernoitar, a desejar realizar projectos connosco (eu e o tio).  Quero que tenham em mim uma confidente, que ao crescerem possam vir até mim conversar e fazer as perguntas que nenhum de nós quer fazer aos Pais.
Não quero nunca substituir o papel dos Pais na vida deles, quero ser um complemento.

Se posso ter a certeza que o vou ser? Não! Mas é a minha intenção enquanto Tia. Neste momento, a única coisa que posso fazer é investir na nossa Ligação Positiva, numa Relação Forte e Sincera.
E faço-o como prioridade na nossa vida familiar.

Não há Natal, desde os seus 2 anos em que a decoração não seja feita por eles. Não chega tempo da Páscoa sem que se amassem folares com a avó Judite. Quando o calor aperta, não dispensamos umas idas à praia todos juntos. Em dias absolutamente normais, não faltam os ingredientes para fazermos umas pizas, bolos ou panquecas juntos. Dias em que vamos buscá-los à escola ou ATL de surpresa para uma ida rápia ali ao parque ou outra actividade um pouco diferente.

No fim-de-semana passado propusemos uma dormida na nossa casa, com o primo. Não são miúdos muito dados a este tipo de actividade, foi um desafio que lançamos. Chegaram dizendo que iam ver se conseguiam, que provavelmente não iam ficar. Tudo bem, íamos decidir em conjunto o que fazer e eles logo viam como se sentiam. Estavam à vontade para ficar ou para ir, sem qualquer problema.

Reunião estabelecida, cada um de nós disse uma actividade que gostaria de fazer durante o serão. Houve quem quisesse ver um filme, jogar “aquele” jogo, ler um livro ou fazer pipocas. Decidimos o cronograma das próximas horas incluindo todas essas ideias e outras logisticas necessárias (jantar, arrumar loiça, preparar camas, vestir pijamas, etc.).

Tenho que vos dizer que ganhei um prémio “da melhor comida do Mundo, alguma vez experimentada por eles”. Caso queiram saber para memória futura foi massa fusili com perú e cogumelos. Ahhhh Jamie Oliver, quando quiseres podes passar em minha casa. Be welcome.

Jantamos, arrumamos a loiça, vestimos pijamas, e acampamos na sala. Touxemos 2 colchões, edredons, almofadas e dormimos TODOS (eu e o tio incluidos) neste acampamento improvisado. Houve pipocas, filme, gritaria, saltos, ralhetes, jogos, gargalhadas e cumplicidade. Ninguém quis ir para casa, aliás houve choro no dia seguinte para ir embora.

Mais uma actividade ganhadora. Honestamente, não deu assim tanto trabalho, não demorou muito para que todos tivessem a dormir e foi uma forma diferente, divertida, simples e barata de criar Ligação forte com eles.
Se podíamos ter ficado com a casa arrumada e não nos ter dado a esse trabalho? Podíamos, mas aquela Visão que tenho de relação com os meus sobrinhos não deixou.

E tu, também estabeleces intenções para as tuas relações?

________________________________________________________________________________

Autor: Juliana Barroso

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.